Resumo semanal da novela José do Egito de 18-01 a 22-01-2016


Resumo da novela José do Egito de Segunda-feira, 18-01-2016 – Capítulo 44
Enquanto corre, José grita pela irmã, que decide pular do precipício. O hebreu dá um salto e consegue agarrar Diná pela cintura antes que ela despenque. Jacó se esconde para não ser visto por Bila e Ruben. Em choque, ele vai se mostrar, mas hesita e olha os amantes mais uma vez antes de sair arrasado. Bila empurra Ruben e o expulsa da tenda. Diná fica brava com José e tenta se soltar. Ela começa a chorar e José a consola. Lia desconfia do nervosismo de Bila. Ruben conta para Simeon o que aconteceu. No dia seguinte, Lia se aproxima de José e agradece por ele ter salvo a vida de Diná. Ele fala sobre o sonho, mas a esposa de Jacó não entende muito bem. Bila fica nervosa ao se aproximar de Jacó. Muito sério, o hebreu pede que a concubina reúna todos os seus filhos. Depois que todos estão juntos, Jacó entrega a túnica para José. Os irmãos do hebreu não gostam do que veem e cobram uma explicação do pai. Jacó decide que José não fará mais nenhum serviço pesado. Além disso, revela que ensinará o filho a ler e contar. Jacó destaca também que José ficará responsável pela supervisão do trabalho de todos. Ruben e Lia se revoltam, afinal, esse deveria ser um privilégio do primeiro filho. Jacó destaca os erros de alguns filhos e justifica sua decisão. Ruben se revolta e questiona o respeito que Jacó deveria ter por ele. Irado, Jacó pergunta se Ruben merece confiança. O rapaz recua, mas não imagina que foi visto com Bila. A concubina gela ao ouvir as palavras e abaixa o olhar, envergonhada. Jacó encerra o assunto. Enquanto trabalham no trigal, os irmãos tentam convencer Ruben a enfrentar o pai. Bila afirma que Ruben não é digno e Lia se revolta. Jacó diz a José que seu primogênito lhe trouxe um grande desgosto. Ele percebe que falou demais e desconversa, enquanto ensina o filho a contar. Lia cobra explicações de Bila, que decide não revelar o que aconteceu. A concubina se afasta do acampamento e Elisa decide segui-la. Quando chega em um ponto afastado do acampamento, a esposa de Judá encontra Bila chorando. Elisa pergunta o que está acontecendo, mas não se convence com a primeira resposta.

Resumo da novela José do Egito de Terça-feira, 19-01-2016 – Capítulo 45
Bila afirma que não pode contar, porque é algo muito vergonhoso. Ela chora bastante. À noite, os filhos de Jacó se reúnem para o jantar. Provocativo, Simeon joga o molho da carne na túnica de José, que tenta se enturmar. O favorito de Jacó se afasta chateado. Bila se irrita e também vai para outro local. Ruben a acompanha com o olhar e espera um pouco antes de segui-la. Elisa percebe. Bila ajuda José e consegue tirar a mancha da túnica. O hebreu se afasta. Simeon e seus irmãos se alimentam quando um barulho assusta o grupo. Jetur se aproxima com alguns escravos amarrados. Se fingindo de humilde, o homem pede abrigo e oferece um escravo. Bila ajeita a cozinha, quando Ruben se aproxima. Depois de se declarar, ele a beija, mas acaba recebendo um tapa no rosto. Bila se afasta, revoltada. Jacó permite que Jetur fique em seu acampamento, mas não aceita nenhum escravo ou pagamento em troca. José sonha mais uma vez. No dia seguinte, as mulheres percebem que todos os mantimentos foram roubados. José conta aos irmãos que sonhou com feixes de trigo, um amarrado por cada filho de Jacó. Ele revela que nesse sonho, seu feixe ficou em pé, enquanto que os feixes dos outros irmãos se curvaram diante dele. Após o relato de José, os jovens se irritam e o expulsam dali. Enquanto trabalham no trigal, os rapazes decidem ir a uma festa. José negocia no mercado e consegue dez facas. À noite, os filhos de Jacó chegam ao acampamento totalmente bêbados. Todos são repreendidos pelo pai. José tem mais um sonho. No dia seguinte, ele tenta contar aos irmãos, que não querem ouvi-lo. Ele dá as facas de presente para cada um. Simeon agradece, pega a lâmina e coloca no pescoço de José.

Resumo da novela José do Egito de Quarta-feira, 20-01-2016 – Capítulo 46
Simeon pressiona a faca no pescoço de José, que fica apavorado. Diná se aproxima e pede que o irmão pare imediatamente. Furioso, ele libera José e o empurra. Antes de sair, ele afirma que não quer mais ouvir nenhum sonho. Simeon e todos os outros jogam as facas no chão. José recolhe todas, triste. Jacó diz a José que não está se sentindo muito bem. Ele revela que também já falou com Deus através de sonhos e acredita em sua palavra. Jacó apenas destaca que não sabe o que significam os sonhos de José. O patriarca decide contar para José que viu Ruben e Bila se beijando. Ele revela também que ainda não sabe o que vai fazer, mas se tiver que confrontar o filho, terá que matá-lo para limpar sua honra. Bila dispensa Ruben. Ele se recusa a aceitar e insiste ao dizer que a ama. Ruben agarra Bila e a beija. Lia entra na tenda e se depara com a cena, chocada. Ela ofende a concubina, que tenta se defender. Lia decide contar tudo a Jacó, mas Ruben a agarra pelos ombros e pergunta se está disposta a condená-lo à morte. Lia não sabe o que fazer. Ela decide não contar nada para o marido e expulsa Ruben da tenda. Lia acerta um tapa no rosto de Bila e exige que ela se afaste de seu filho.

Resumo da novela José do Egito de Quinta-feira, 21-01-2016 – Capítulo 47
Bila decide deixar o acampamento. Elisa a encontra organizando seus pertences e pergunta o que está acontecendo. Depois de revelar que vai embora para evitar uma desgraça, a concubina se surpreende quando Elisa revela que sabe sobre Ruben. A esposa de Judá conta que já havia percebido os olhares. Depois de revelar que beijou Ruben e foi pega por Lia, Bila é convencida a ficar. À noite, Jacó pede que Bila durma em sua tenda. Zilpa, que se encarrega de cuidar de Benjamim para deixar o casal a sós, conta à Lia que Jacó terá companhia na tenda. A mãe de Ruben se revolta. Ruben diz a Judá que está apaixonado por uma mulher que não pode ter. Elisa encontra Lia decidida a contar tudo para Jacó. Antes que a mulher entre na tenda, Elisa a segura e pergunta se ela suportaria a dor de perder o filho. Lia desiste mais uma vez. No dia seguinte, Jacó pede que José encontre os irmãos para saber se estão cuidando bem de suas ovelhas. Os rapazes acordam lentamente após uma noitada com bebedeira e prostitutas. Levi espirra e assusta todo o rebanho, que foge. Judá e Ruben são os únicos que correm para tentar capturar os animais.

Resumo da novela José do Egito de Sexta-feira, 22-01-2016 – Capítulo 48
Itai explica que Davi ordenou que não fizessem nada contra seu filho. Furioso, Joabe pega sua lança e crava com toda a força no peito de Absalão, que agoniza até morrer. Bate-Seba conta a Davi que foi Allat quem salvou Salomão das mãos de Mical. Se conseguir retornar a Jerusalém, ele promete punir sua primeira esposa. Um shofar toca ao longe. Davi sabe que esse é o sinal de Joabe avisando sobre o fim da guerra. Ele fica ansioso. O corpo de Absalão é jogado em uma cova funda. Joabe e Itai observam o homem ser enterrado e trocam um olhar cúmplice. O ferreiro sabe que não pode contar nada, mas apoia Joabe. O general pede que Jonadabe dê as boas notícias para Davi. O ungido de Deus fica em choque ao saber que perdeu mais um filho. Ele caminha desnorteado e começa a chorar, desesperado. Davi grita de dor. Na tenda, Joabe se aproxima de Davi e afirma que todos os soldados foram humilhados. Depois que deram o sangue para salvar o povo, se sentem culpados porque o rei chora pela morte do filho que se tornou inimigo. Davi só ouve, sem reagir. Firme, Joabe afirma que Davi estaria mais feliz se Absalão, o traidor, estivesse vivo enquanto todos os seus soldados fossem mortos em batalha. Davi sai da tenda, acompanhado por Joabe. Com um semblante melhor, conformado, ele motiva todos os soldados e afirma que o grupo deve retornar para Jerusalém. Os homens gritam eufóricos e comemoram, felizes. Aitofel fica assombrado ao saber que Absalão morreu. Mical fica apavorada ao descobrir que Davi está voltando. Aitofel arruma a casa meticulosamente. Em seguida, prepara uma corda de couro e amarra no teto. Ele se enforca. Mefibosete ouve a festa da chegada de Davi e se aproxima. Tirsa fica aliviada ao vê-lo. Ele vai até Davi e conta que foi enganado por Ziba. O servo logo se aproxima. Como não sabe quem fala a verdade, Davi decide dividir as terras de Saul entre os dois. Mefibosete afirma que Ziba pode fica com tudo, afinal, para ele só importa a paz após o retorno do rei. Ele vai se retirar, digno, mas Davi pede que espere. O rei afirma que sempre soube da idoneidade de Mefibosete, que não se importou em perder as posses. Ele devolve tudo ao filho de Jonatas e ordena que os guardas segurem Ziba.

Divulgação: TV Record

Inscreva-se em nosso canal no Youtube!
loading...